10 motivos para não namorar um gay enrustido

1 – Você nunca vai poder ser apresentado aos pais dele como namorado, e se for afeminado suas chances são zero. Para os amigos você sempre será o amigo da faculdade, do curso, da escola, do trabalho, e nunca o namorado que ele é/está apaixonado.

2 – Você não pode exigir que ele não beije outras garotas para disfarçar para os amigos que é hetero, já que ele precisa “manter uma imagem” para não sofrer preconceito. Ele é cabra macho, mas morre de medo do que os outros vão pensar, ainda mais se for aquele amiguinho que o chama de “viado” na zoeira.

3 – Você nunca poderá andar de mão dadas com ele na rua, muito menos dar um selinho ou segurar sua mão na sala do cinema, isso se ele te levar para ir ao cinema. Os encontros são limitados a madrugadas vazias ou quando não houver ninguém na sua casa ou na dele, mas se for afeminado talvez vocês nem namorem.

4 – Se você sonha que ele vai salvar seu contato com o nome de “mozão”, “mor”, “moli” e esses nominhos fofos e melosos tire o cavalinho da chuva. Isso vai ferir a masculinidade dele e a mãe, o pai, o amigo, a irmã, a tia, a sobrinha podem ver, a desculpa mais plausível é essa.

5 – Você não vai poder leva-lo em casa mas não pelo preconceito de seus familiares, mas sim por ele pensar que os outros “vão pensar” que ele é gay por estar na sua casa. Os vizinhos podem comentar, alguém pode ver. Porque um gay não pode simplesmente ser amigo de um hétero sem segundas intenções.

6 – Aquela foto fofa de casal no instagram dos dois ao acordar num domingo, ou naquele restaurante japonês que você adora nunca irá existir. É como dar um tiro no peito do sujeito, escancarar aos quatro cantos que ele não é tão macho assim, como se ser gay o desqualificasse.

7 – Se os amigos dele zombarem de você por você ser gay, por seu trejeito, ou simplesmente por serem idiotas, a probabilidade do seu “namorado” ajudar a te zoar é bem maior para que ele possa manter a pose de “macho alfa”.

8 – O sonho da aliança no dedo nunca será concretizada. Ele não pode usar, seus amigos e seus familiares vão especular, e ele não tem namorada e sim um namorado. E por vergonha e medo ele não aceitará usar.

9 – A relação não vai durar muito tempo porque se você se ama e se valoriza perceberá que você precisa e merece alguém melhor e que saiba o que quer.

10 – Se você é carente nem invista nessa “relação”, vocês não poderão se ver com muita frequência, principalmente porque um não pode frequentar a casa do outro e lugares públicos são bastante perigosos, nem sempre vocês terão dinheiro para motel e se tiverem muito provável que vocês não possam ir porque alguém pode ver.

Eu poderia enumerar milhares de motivos, mas considero esses os mais importantes.

Anúncios

104 comentários em “10 motivos para não namorar um gay enrustido

Adicione o seu

  1. Parabéns ao lixo humano que publicou isso. Pensem q existem milhares encubados (termo que nós não deveríamos usar) que não escolheram ser assim, pensem antes de publicar algo desse tipo. Por que não fazem um post assim “10 Motivos para aceitarmos um parceiro amoroso do jeito que ele é, e mais 10 motivos para ficar com eles se quiser”. Tantos casos de homossexuais expulsos de casa por assumirem.. Quem sabe por essa “pressão” feita por vocês. Pensem na responsabilidade q vcs assumem ao ter um canal de informação como esse, agora algum adolescente perdido pode estar lendo isso é pensando q pro caso específico dele é o melhor a se fazer. No mais desejo sucesso ao blog e q vcs possam aprender com os erros

    Curtir

  2. Gente q isso, vcs virão q estão criando uma divisão entre nós gays, estão querendo tanto igualdade q estão ficando iguais aos homofobicos, temos q nós ajudar, ñ nos criticamos, tem gays q sofrem e ñ podem se assumir muitas vezes São obrigadas a fingir algo q ñ é, e a obrigação de tds nós é prestar apoio a tds pq somos tds iguais

    Curtir

  3. Concordo plenamente. Deixei de namorar enrustidos há anos. Eu me arrependo profundamente desses anos perdidos. Desde 2012, acordei pra vida. Hoje estou noivo e pretendo me casar no próximo ano. Enrustido é a pior fase de um gay. E, infelizmente muitos gays permanecerão nesta fase pra sempre! Sinto pena deles. Eles precisam de ajuda de amigos, familiares e psicológos.

    Curtir

  4. Não achei legal várias coisas que foram colocadas nessa lista, é claro que sempre irão existir gays enrustidos por aí, se assumir para a família na maioria das vezes não é tarefa fácil ainda mais se a mesma for extremamente conservadora, não só esse como diversos outros fatores ainda desencorajam muitos gays por aí de se assumirem e viverem da maneira que querem. Seria bom se ao invés de colocá-los pra baixo listando esses motivos os outros gays se unissem mais e ajudassem uns aos outros a passar por essa fase da vida. Ainda existe gente que se mata por causa disso vocês sabiam? 👍🏻👍🏻

    Curtir

  5. Achei o texto tendencioso também, talvez mais pelo título escolhido, que segrega mais ainda.

    Nunca cheguei de namorar firme um gay enrustido, mas já tive varias paqueras, até porque prefiro pela masculinidade que eles passam, devido a maioria dos assumidos (não querendo generalizar mas fazendo) são espalhafatosos ou abertamente militantes, o que não é errado porém desnecessário (o preconceito velado existe e não é dessa forma que vamos combatê-lo).
    Porém, todavia, entretanto, eu namoraria com todos esses aspectos acima citados, mas com certeza tentaria moldá-lo com o decorrer do relacionamento a se abrir pelo menos com a própria família. Expor o relacionamento para desconhecidos acho desnecessário, mas chegar ao ponto de esconder, viver uma dupla personalidade para amigos e família (pessoas que naturalmente devem querer nosso bem acima de qualquer coisa) e aceitar essa situação “normal” para o resto da vida? Eu caio fora.
    Até porque a justificativa que se utilizaria como discrição não lograria mais. O cara precisa de um psicólogo, precisa de auto confiança e o melhor, amor próprio, como ser humano para uma sociedade toda.
    Se um enrustido vier me dizer que vive bem com todos os itens da lista, eu discordarei pelo resto da vida. Não é humano, não é saudável, não é “normal”.
    Enfim, ao menos para família ou amigos terá que me apresentar como namorado/companheiro, caso contrário, seja feliz na escuridão, porque é isso que esse tipo de vida representa. Seja homem ao menos para ser tratado com dignidade!

    Curtir

  6. Parabéns pelo texto muito bem elaborado e condiz com a realidade de muitos gays e relacionamentos!!
    hoje tenho um relacionamento que passa longe de tudo isso,mais assim que comecei a entender sobre a vida a dois não me imaginava no relacionamento que me encontro hoje,uso alianças,todos da minha família sabem,amigos,sociedade,enfim sou totalmente feliz!!
    Mais sempre penso que o respeito com aqueles que pensam diferente de mim devem ser respeitados!!

    Curtir

  7. Por 3 tópicos deste texto chulo eu, me torno enrustido isto é um “postisinho ” lixoso de um gay aceito, e respeitado pela família , bem quisto no seu meio social, e acha que todos devem ser assim como ele (a) deste jeito só estimula um ” conflito entre o meio LGBT ” com um texro cheio de palavras retrógrada.. Quanta babaquice ! Precisamos entender que pessoas morrem por ser o que é.. Inútil

    Curtir

  8. Sou assumido, dou pinta horrores e achei o texto péssimo. Cada pessoa tem o tempo de se assumir, e nós não sabemos se a pessoa já passou por um processo de desconstrução. Não-assumidos permanecem nesse estado por diversos motivos, e não cabe a nós julgarmos. Sim, se ele for homofóbico é outro assunto. Mas esse julgamento é incabível. Que tal se ao invés de listar motivos para não namorar alguém que não é assumido, fôssemos capazes de ajudar esses caras a entenderem sua sexualidade e desconstruir esses paradigmas?

    Curtir

    1. Eu sinceramente, compreendi o que você colocou, Alef… Mas também compreendi o que o autor colocou! Ele está falando exclusivamente de como você se sentirá nesta relação… Eu concordo com o texto por experiência. Meu ex-namorado não era homofóbico, porém não conseguimos manter uma relação saudável… A questão do tempo de auto aceitação é extremamente importante e temos que pensar nisso, porque só quem já passou sabe o peso que é, mas e o como VOCÊ se sentirá até que a pessoa se aceite e te aceite? Enfim, tenta enxergar um pouco mais por esse lado, caso você não tenha feito, e acho que você entenderá melhor o objetivo! 🙂
      Abraço

      Curtir

      1. Eu achei ridicularizado, eu não sou assumido e estou namorando (claro meus pais sabem) e minha mae adorou ,os meus amigos alguns sabem(bem poucos) os que não sabem me tratam super bem ,na vdd eu na frente deles ajo normalmente e e eles nunca me chamaram de gay,uma vez meu Namo foi chingado de veado,eu bati no garoto que chingou ,(alias eu sou o passivo,mas não sou tao afeminado assim,)

        Curtir

  9. Olha só o mundo gay tendo preconceito com enrustidos.
    Medo de se assumir pode sim ser problema psicológico, mas isso não faz do cara um homofóbico. Eu me assumi há dois anos (venho de um relacionamento de 8 anos, com o mesmo cara). Só tive a coragem e a intenção de fazer isso porque alguém que realmente me ama me ajudou. Sofri todos os preconceitos do mundo com a família de evangélicos a ponto de ser expulso de casa. Garanto a vocês, nenhuma das situações citadas foi vivida por ele, ou por mim. Ao contrário, se ele tivesse seguido esse texto de extremo mal gosto e preconceito, talvez nós nunca estivéssemos juntos .
    Ou vcs realmente acham que eu não me assumi antes porque sou um idiota preconceituoso?
    Não querem ser generalizados, não generalizem. A problemática aqui é uma via de mão dupla.

    Curtir

  10. Vcs por acaso se esqueceram como é ruim ser enrustido? viver olhando por trás do ombro, ter medo de ser descoberto, escutar sua familia falando mal de homo sexuais na sua frente. Vcs deviam parar de julgar e entender que enrustidos não querem ser enrustidos a maioria deles é por falta de opção.

    Curtir

  11. eu n sou enrrustido mas ficar andar de maos dadas com outro cara em publico,,bjos,,fotos como casal na internet e nome de contato como amor mosao,,por favor ne isso n combina com 2 caras,tipo querendo ou n isso sempre sera mau visto,mundo n é cor de rosa e desculpe dizer mas n curto certos tipos de viadagens,,h é h!!

    Curtir

  12. 1 – namorei quase 3 anos assim. Nunca apresentamos nossas famílias, e não foi isso que fez a relação ser ruim

    2 – você está namorando de verdade? Então esse ponto de “beijar garotas pra provar algo” não existe. Nunca existiu comigo. O respeito sempre esteve acima de muita coisa!

    3 – caro autor, nesse ponto você prova o quão frustrante deve ter sido sua relação (ou a de alguém que talvez vc tenha se inspirado). Nesses 3 anos nós nunca tivemos o hábito de andar de mãos dadas na rua. E isso estava ok! Nosso namoro ia muito além disso… aliás, nem quando namorei mulher, eu tinha o hábito de me expor tanto… pra que mil beijos na rua? Cada casal tem seus pontos/limites.

    4 – tem certeza que vc está falando sobre um namoro? Bom, nunca feriu a masculinidade de nenhum de nós dois, e aliás, que mãe ou irmã de um homem adulto mexe no seu celular?

    5 – nunca fui na casa dele, nem ele na minha. Tínhamos nosso próprio canto e o que fazíamos dentro de 4 paredes era intimidade nossa. Foda-se os vizinhos, desde quando eu tenho que parar pra pensar no que eles estão pensando de mim?

    6 – sim de fato essas fotos mega românticas e de beijos não existem. Mas com o tempo não sentíamos falta disso. Algumas pessoas e alguns casais, mesmo heteros, não fazem questão dessa super exposição. Mil beijos na praça, pegação no cinema, várias fotos nas redes sociais… não é isso que sustenta a relação.

    7 – em pleno 2016 você ainda anda com esse tipo de gente? Miga sua loca…

    8 – se temos um relacionamento “enrustido”, e ambos aceitaram, acho que esse lance da aliança já foi resolvido, certo?

    9 – 3 anos é pouco tempo, autor?

    10 – Nos víamos praticamente quase todos os dias da semana, e sem exceção, todos os finais de semana, apenas DUAS VEZES (em 3 anos) que ele viajou com a família e outras DUAS VEZES (em 3 anos) que eu viajei à trabalho.

    Eu poderia enumerar milhares de motivos, pelos quais uma relação dá certo sim independente de qualquer barreira. Nem todo gay precisa sair do armário e escancarar pra sociedade suas intimidades. Sua ideia pra esse texto é válida, e acredito mesmo que vários desses pontos acontecem na prática e que muitos casais gays não conseguem manter a relação por conta disso. Mas eu consegui driblar todos os seus pontos, e apenas 1 eu concordei totalmente. Sim, fui muito feliz nesses 3 anos, e só terminou pq de fato nossos caminhos nos levaram pra espaços opostos. Hoje somos amigos e sou muito feliz de ter conhecido essa pessoa, aprendido muita coisa boa com ela e de ver o quanto ela está bonita e feliz na sua nova rotina e desejo até hoje a felicidade dessa pessoa, que um dia me fez muito feliz. A sociedade? Não é ela que paga as minhas contas… a família? Até hoje não sabe quem somos nós… e não precisam mais saber.

    Curtir

  13. Aos enrustidos : ” Quando se vê com o coração, o essencial é invisível aos olhos. ” – O pequeno Príncipe. Pode se ter duas visões desta frase: uma critica ao texto , enaltecendo que todas coisas citadas são fúteis. Já a segunda de que o amor é algo tão grandioso que ultrapassa todos os limites. Uma pessoa que realmente ama não te esconde de ninguém e tudo que o autor citou se torna algo incrível. Tudo é uma questao de visão.
    ” Uma cabeça cheia de medos não tem espacos para sonhos.”

    Curtir

  14. Você tá certíssimo. Um enrustido, se for atraente, serve pra gente ficar, se divertir, transar. Mas pra namorar, fala sério, né. Só um gay com muita falta de amor próprio pra se meter nessa furada. Viver se escondendo das pessoas, com medo que os outros percebam, como se ser gay fosse algo horrível que precisasse ser mantido em segredo… pra cima de mim, em pleno ano 2016??? Como dizemos aqui no Ceará, AÍ DENTO! Prefiro estar sozinho do que estar com uma pessoa assim. Ficar de vez em quando, massa, mas compromisso com cara assim eu tô fora!

    Curtir

  15. Eu concordo e discordo… tudo depende, do quanto voce gosta, se ama o bambino, não vai desejar que ele sofra se expondo. Digo, os Pais podem não aceitar sua sexualidade, ele pode ser expulso de casa, pode perder o emprego, tudo porque você quer um pouco mais de atenção deste ponto de vista. Não podemos esquecer o outro lado da conversa, digo, se ele não quer se expor só para manter o seu ego, ai a coisa fica feia. Nem todo o viadinho é enrustido pelo ego, mas por medo de represália. Mas acho que exagero, afinal existem muitos gays independentes e enrustidos por ai, e com a panca de machão, é puro ego mesmo, deste ponto em questão.

    Curtir

  16. A vida é muito subjetiva assim como as dores e todos os problemas que as pessoas tem em comum. Sou enrustido, meu namorado também, somos felizes, temos amigos, fazemos o que todos fazem mas somos enrustidos. Sou feliz e ninguém pode me tirar este direito de ser enrustido! Está na essência do ser humano, não adianta forçar a barra. Valeuuu

    Curtir

  17. Blz galera a discussão tá boa mas vamos começar a ressignificar ou quem sabe criar novos conceitos para ampliar o que significa ser enrustido e o que significa ser assumido.
    Isso é muito relativo para cada pessoa. Se.ambos concordam com os termos blz. Vamos em frente e que surjam outros 10 problemas na relação.
    Mas se de cara percebe se entre o casal a incompatibilidade do que são ou não provas de amor, e se elas são necessárias para um ou outro aí não tem por que levar a frente. E a dança das cadeiras segue…

    Curtir

  18. Entendo o ponto de vista, mas digo pelo meu ponto de vista e experiência, é ruim namorar alguém assim, entendo que cada um tem a hora e o momento pra se assumir ou não, mas tipo, meu namorado é enrustido é para mim é super chato, não posso apresentar aos meus pais, no almoço de domingo é aquele “amigo”, quase nenhum de meus amigos sabem de nós, não saímos para lugares públicos. E tipo, eu sou assumido, sei bem o quanto é difícil assumir e viver uma mentira se não contar, mas quero alguém anda junto comigo, e não alguém de quando vê os amigos na rua não finja que não me conhece, pode não parecer mas machucam. Nem minha mãe tem vergonha de mim, penso que mereço mais que isso! 😦

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: