O que você deve saber para namorar um soropositivo sem neuras

  • Qualquer pessoa independente de sua classe social, cor, etnia ou sexualidade (gay ou hétero) pode contrair o vírus e é importante entender que nem todo soropositivo foi contaminado por relação sexual sem camisinha. Segundo o Ministério da Saúde, o contágio se dá não só por relações sexuais desprotegidas, mas por compartilhamento de seringas, outros objetos cortantes e até mesmo pela amamentação. Ter o HIV não é a mesma coisa que ter a aids. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas, podem transmitir o vírus a outros pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por isso, é sempre importante se cuidar e se proteger para evitar que isso aconteça.
  • Todos soropositivo merece amor, respeito, atenção e ser tratado como igual, até porque o soropositivo e qualquer pessoa independentemente do estado de saúde e de sua condição de vida devem ser tratadas do mesmo jeito, com educação e respeito.
  • Você tem que entender que uma relação deve ser regida com cuidado e não com cobranças, discussões ou medo, até mesmo numa relação com o soropositivo. Ele possui sentimentos, medos e inseguranças como você. Vocês devem ser amigos, respeitar o espaço um do outro e ter consciência dos riscos. Diálogos francos são imprescindíveis para que a relação de certo.
  • Um soropositivo não é uma bomba relógio e muito menos um monstro. Ele também é um ser humano. Não tenha medo da contaminação, com isso eu não quero dizer que você não deva se proteger, eu quero que entenda que ficar preso ao medo de se contaminar ou não só desgastará a relação. Tome os cuidados necessários para terem uma vida saudável, se cuidem, usem camisinha, e cuide um do outro. Faça ele se sentir protegido, seja seu amigo e demonstre que você se importa e que o ama do jeitinho que ele é.
  • É muito importante estar em dia com todos os seus exames e não só o de HIV. Entenda que você também pode apresentar riscos de saúde para um soropositivo. Também é muito importante que você acompanhe seu estado de saúde para a segurança dos dois, para estarem equilibrados em uma relação saudável e sem preocupações. Pratiquem exercícios físicos, vão ao cinema, saiam para jantar com os amigos, vivam a vida normalmente, pois o seu namorado soropositivo merece um convívio social equilibrado assim como você.
  • Entenda que mesmo nos dias atuais em que parece que a doença não mata é preciso que você se cuide. Existem várias outras DST’s que você pode contrair. Ao pensar que não haverá contaminação porque o exame do parceiro infectado deu resultado “indetectável” não é aconselhável. Em caso de dúvidas procure um médico infectologista para que ele possa ajuda-los, e uma procura psicológica também podem auxilia-los nesse caso.

Ame-se, cuide-se e livre-se do preconceito.

*Por favor, cópia sem devida autorização ou créditos será caracterizado crime de plágio.

Anúncios

18 comentários em “O que você deve saber para namorar um soropositivo sem neuras

Adicione o seu

  1. Olá, não queria ser mt chato, mas vcs poderiam acessar esse blog bielsabatini.WordPress.com ? Um amigo precisa de vossa ajuda. O blog contém contém um conto verídico, super emocinante, vibrante, apaixonante… Por favor, entrem.
    Victor Menezes, se ver esse coment, entra lá. Qem sabe vc e o Biel não fazem uma parceria né?
    Grato e desculpa qualquer coisa.

    Curtir

    1. Oi, Sara! Estou vivendo um amor intenso com um garoto e descobri recentemente que sou portador do vírus, eu amo tanto ele que também estou me fechando porque sei que se alguma coisa acontecer com ele eu nunca me perdoaria. É amor! Espero que se resolvam, assim como eu e ele.

      Curtir

  2. Oi gente!
    Eu comecei a namorar há pouco mais de dois meses. Antes de começarmos a fazer sexo sem camisinha, decidimos fazer o teste rápido de DST e para nossa surpresa ele estava infectado e na sabia.
    O choque para ambos foi imenso. Minha cabeça não sabia o que pensar. Precisei me sentar e analisar o que já havia rolado entre a gente.
    Pois bem: estou aqui deitado ao lado dele. Cuidando como se nos conhecêssemos a vida toda.
    Eu nunca tinha conhecido um soropositivo, e o destino me dá um namorado assim!
    Ele começou o uso do antirretroviral recentemente. Os efeitos colaterais foram mínimos: alergia tipo urticária. Ele passou algumas noites nem conseguir dormir de tanta coceira e outras eu estive junto acordado no hospital para aplicação de antialérgico na veia, já que os de via oral não eram o suficiente para o coceira cessar.
    Hoje, uma semana depois da coceira começar, poderemos dormir à noite toda. Parece que a coceira diminuiu. Quase zerou.
    Não me arrependo de nada em nenhum momento. Usamos preservativos e combinamos muito bem na cama.
    Pretendo ficar com ele até quando ele me permitir. Do contrário, estarei com ele nessa nova jornada de vida que começamos juntos.

    Curtir

  3. Sou soropositiva à quatro anos, tenho um filho lindo de 03 anos e meio, e sou muito feliz! No início foi um pouco difícil lhe dar com essa nova realidade, mais agradeço a Deus todos os dias por está viva! Sinto falta de um romance, mais tenho medo de me relacionar com alguém, medo de por um azar do destino passar o vírus pra alguém. Deus me livre.
    Porisso opto por ficar sosinha, é ruim mais é melhor assim!

    Curtir

  4. Olá pessoal, não muito diferente de vocês o que me trouxe qui é exatamente conhecer sobre o assunto. Recentemente estou namorando um rapaz pela internet e o mesmo mora umas 9 horas aqui da cidade onde resido, em nossas falas, trocas de romantismo ele falou que precisa falar uma coisa pra mim mas que tava com medo e só teria que ser pessoalmente, eu fiquei bolado pois odeio essa história “lhe conto depois” fico naquela neura e penso mil coisas, ontem ele tocou no assunto HIV e o que eu achava, respondi que eu iria ficar assustado e que pra namorar um soropositivo, teria que haver um acompanhamento médico e bastante uso do preservativo. Já meu deu vontade de perguntar pra ele se ele tem HIV, mas tenho receio pessoal, tenho medo dele não reagir bem pois vai que seja só neura minha? no mais estou me preparando pois me apaixonei por ele mesmo e estou disposto a caminhar juntos. Sempre uso preservativos em meus relacionamentos.

    Curtir

  5. Bom, Eu me chamo (Leo) li os demais comentários e me senti a vontade de postar a minha .
    Pois bem ! estou iniciando um namoro com um cara soropositivo, nos conhecemos em uma balada GLS, mesmo Eu já ter frequentado por varias vezes nunca o tinha visto .
    Então, surgiu o interesse de querer ficar com Ele, pois achei muito bonito; daí então ficamos a noite toda se curtindo …. dias se passaram e decidimos se ver .
    outros dias se passaram até que decidimos se ver novamente. Pra minha surpresa ele foi até a minha casa kkkkkk. ( não fizemos nada ), .
    Semana posterior decidimos se ver de novo e surgiram mais assuntos; até que realmente comecei a vê lo com outros olhos, uma pessoa maravilhosa que já por muito tempo havia pedido a Deus . Quando fui perceber, tinha Me apaixonado !!
    Demais vezes vinham surgindo mais perguntas até chegar sobre a questão de prevenção, Eu de primeira percebi a reação dele meio assustado . No outro dia Ele disse que queria conversar um assunto mas que não seria de tanta gravidade porém Eu me preocupei e quis saber de que se tratava o mais rápido possivel, foi quando por telefone Ele não aguentando falou …….. Nossa !! meu mundo desabou, tinha acabado de me apaixonar novamente depois de muito tempo . Perguntei á Deus se isso era um proposito para minha vida ?
    (sem comentar que iria iniciar uma relação anterior que o cara também era soropositivo e Eu sem noção não aceitei, fui frágil aquele momento) .
    e voltando, choramos muitooooo entrei em pânico só por saber que iria perder uma paixão por mais que fosse recente mas era verdadeiro . Até que me peguei olhando aos Céus e falei com Deus, Eu vou aceitar essa benção, Eu quero Ele pra mim, Vou amar, Vou cuidar, Vou respeitar.
    Educadamente, chamei no outro dia pra conversarmos e decidir o que iriamos fazer .
    e como dois adultos Sim decidi dar essa oportunidade não só pra Ele e como também pra mim .

    essa mensagem se for servir pra alguma coisa ou pra alguém; Eu só quero dizer: que ama aqueles que querem ser amados, não finjam que eles/elas não existem . Afinal, quando tocar em seu coração se dê a oportunidade, vai ser feliz, buscar fazer para os próximos assim como queres pra você ou pra quem você ama .

    Gente ! obrigado pela oportunidade .

    Curtir

  6. Olá, relato aqui como a vida é bela e incrivel…
    No dia 9 de maio de 2017, como faço habitualmente, fui para o terminal pegar meu onibus, porém a fila estava enorme e percebi um outro onibus, que iria vazio, e fazia praticamente a mesma rota!
    Então decidi ir para a fila, e logo vi que atrás de mim um rapaz muito belo apareceu e ficou olhando pra mim, porém eu não dei bola, afinal não sou assumido e fiquei com vergonha rsrsrs
    Adentrei no onibus e sentei logo atras nas cadeiras mais altas e percebi que ele olhou pra mim com certo desdenho e chatiação e sentou na minha frente kkkkk
    Na minha cabeça estava pensando: “gostaria de conhece-lo”, mas nunca chegaria nele naquele onibus, foi então que ele retirou o celular do bolso e entrou no facebook para ver suas notificações, e daí que tive a iniciativa de procura-lo na rede social e conversar…
    Conversamos no face, ele me disse que gostou de mim e pensou que eu não tinha gostado dele, sendo que eu sentei no lugar que ele estava habituado kkkk
    Tivemos varias identificações tanto no curso que fazemos e as perspectivas de vida!
    Certa vez saimos juntos e percebi ele distante, pois tinha um machucado na boca e mal queria me beijar…
    Foi ai que ele disse que tinha algo para me contar, só que seria na hora certa… e não fizemos nada antes disso!
    Foi então, por minha pressão, que ele foi perdendo o medo de me contar e quando ele me disse que tem HIV meu mundo desmoronou, não por ele estar infectado e sim o que ele passou quando descobriu e o que está passando, afinal o ser humano é ruim e preconceituoso…fiquei triste por saber que ele se sentiu sozinho, triste e apesar de ser tão bonito, simpatico, por causa da doença e do medo que ele tem de contar as pessoas, se sente inferior e triste… Gostaria eu ter aparecido antes na vida dele para isso não ter acontecido, me sinto mal por não conseguir ajuda-lo a ficar bem, curado!
    Mas pensei muito e decidi continuar com ele e tentar ajudar não só ele como outras pessoas que sofrem com doenças.
    Num futuro não tão distante irei fazer Biomedicina para ajudar as pessoas a serem mais felizes!
    Hoje estamos juntos e quero só felicidades para a gente, estaramos unidos até o infinito…Acolham amigos, companheiros e familiaries nessas horas, isso fortalece e nunca percam as esperanças de melhorar!
    Sejam felizes.

    Curtir

  7. oi sou Antonia ,após ver varias história e comentários resolvi contar a minha sou soropositivo há 10 anos e mais muitos anos que não namoro ninguém,pois mim afastei e mim fechei para relacionamento onde envolvesse sexo ,como já foi rejeitada por contar que sou soro e agora mim apareceu uma pessoa que insiste em namorar comigo e tenho medo de contar pra ele e até mesmo de sair com ele e agora o que faço? saio com ele e tomo minhas precauções e o cuido com ele ou conto e mim afastou e ai ?

    Curtir

  8. bom dia pessoal.

    pois bem, ouvir falar de alguém que possui AIDS a gente entende,mas, qnd descobrimos que a pessoa que estamos gostamos possui o vírus o mundo a cabeça fica desgovernada. namoro um rapaz que conheci pela net, ele mora em SP e eu no interior de jacareí revezamos num fim de semana ele vem pra cá e no outro eu vou pra la. Pessoas com o vírus são pessoas normais, notei que antes de saber ele estava se afastando porque tinha medo de me contar e eu me afastar dele, qnd conversamos sobre o assunto que ele tinha levantado eu sem saber disse o que apenas penso: que se a pessoa tiver e se cuidar não vejo problemas, ate porque existe cuidados e prevenções pra isso. desde então ele abriu o jogo e estamos firmes e fortes e quero passar com ele o tempo que deus permitir. cuidamos e tentamos o máximo possível ter uma alimentação saudável etc.

    qnd o amor existe não existe barreiras…digamos não ao preconceito se amem e se cuidem. Nunca virem as costas ou discriminem quem possuem o vírus, ngm sabe o dia de amanhã. ja pensou vc apontar o dedo e descobrir um dia que contraiu a doença????? vamos se colocar no lugar das pessoas, pois só assim saberemos como agir,.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: