Eu sei que nossa história ainda não chegou ao fim

Leia o texto ao som de Kodaline – All I Want

Eu ainda não consigo assimilar como tudo aconteceu, foi rápido e devastador. Tínhamos acabado de desligar o telefone e dez minutos depois você estava morto.

Todos os dias quando acordo me pergunto o motivo de terem tirado você de mim, justo agora que iríamos constituir nossa tão sonhada família, e depois de tanta luta conseguiríamos enfim morar juntos.

Dói muito acordar pela manhã e ver o teu lado da cama vazio. Sempre me viro para te abraçar, como fazíamos toda manhã e você não está lá. Para onde você foi? Eu sinto tanto a sua falta.

O Thor fica sentado no quarto olhando para a cama e late sem parar. Ele também sente a sua falta, e qualquer barulho na casa nos deixa ansiosos na expectativa de que seja você na cozinha preparando algo para comer. Eu me sento na cama pela manhã esperando pelo café que não vem. Cadê você entrando pela porta dizendo “cadê os dois homens da minha vida? ” Como sempre fazia?!

Meu príncipe, hoje faz um ano desde que você se foi, e o teu cheiro ainda está no travesseiro e em meu nariz. A tua parte do guardarroupa continua do jeito que você deixou na última noite que passamos juntos.

Eu te vejo em cada cômodo desse apartamento. Falta metade de mim, falta você por aqui para jogarmos xbox, darmos risadas, assistirmos séries no netflix, tomar banho juntos e ficar deitados na rede até altas horas da madrugada fazendo planos para o nosso futuro…

Eu perdoo o homofóbico que te espancou até a morte, mas não consigo entender porque isso aconteceu com o meu amor. Justo com você. Até quando vamos morrer pela intolerância e a falta de respeito? Dói muito saber que te perdi da forma mais cruel do mundo. Tiraram toda as minhas forças, despedaçaram o meu alicerce.  E eu não sei aonde você possa estar agora, talvez você esteja ao lado de seus avós que partiram tão cedo, ou ao lado do teu pai, quem sabe da sua cachorra de infância Luli… Mas eu te peço, olhe por mim dai, porque tá doendo muito. Cuida de mim.

Meu amor, eu queria te pedir perdão por todas as vezes que te fiz chorar, ou quando eu desligava o telefone na sua cara. Me perdoa por não ter demonstrado o quão louco eu era e ainda sou por você. Me perdoa por não ter cuidado o suficiente para que nada de ruim acontecesse contigo. Me desculpa.

E queria te agradecer por ter entrado na minha vida de um modo tão inusitado. Nunca pensei que um aplicativo de paquera poderia me dar o homem mais lindo e carinhoso do mundo. Você me provou que o amor pode estar e ser encontrado em qualquer lugar, até em um app de celular. Eu sou tão grato a Deus por ter te conhecido.

E no fundo eu sei que nossa história ainda não terminou. Me olhe daí que estarei orando por você daqui. Cedo ou tarde eu sei que estaremos juntos novamente e poderemos retomar nossas vidas. Eu sei que vou vencer e sobreviver, mas ainda assim, dói ir para a cama dormir e não ouvir seu boa noite, ou o toque da sua barba no meu pescoço.

Príncipe, nunca se esqueça que sentimentos vem e vão mas o meu amor por você é para sempre…

Anúncios

7 comentários em “Eu sei que nossa história ainda não chegou ao fim

Adicione o seu

  1. Meu Deus! Eu escrevo este comentário com lágrimas nos olhos. Não sei se trata de um fato real em sua vida mas é uma carga enorme de sentimento. Conseguiu ativar tantos sentimentos dentro de min ao mesmo tempo que não consigo dizer o que eu realmente sinto. Só consigo chorar! Obrigado pela oportunidade de ler os seus textos. Você ganhou mais um fã.

    Curtir

  2. Ola, sou um seguidor já algum tempo da sua página. Esse texto que você me enviou foi o primeiro que eu li.

    Reparei que até pelo sujeito e modo de escrever de cada texto é diferente, até ja te mandei um comentário querendo saber os autores dos textos principalmente deste. Me responda o mais rápido possível estou muito curioso.

    ________________________________

    Curtir

      1. Victor eu gostei muito de seus textos, não conhecia sua página… Conheci recentemente, mas já gostei muito… Como seria em relação a direitos autorais? Gostaria de fazer um espetáculo teatral inspirado em um de seus textos… Obrigado aguardo respostas!!!

        Curtir

  3. Victor, sinto muito pela sua perda. Não sei bem como vim parar aqui, no seu blog, mas sabe aquelas coisas [aparentemente] aleatórias da vida que nos levam aonde precisamos ir? Pois é, aqui estou eu, às 4h da manhã profundamente emocionado com o seu texto e, sobretudo, com essa música linda que você indicou. Não consigo imaginar o quão doloroso isso deve ter sido e ainda é para você. Mas quero que você se sinta abraçado e amado por um estranho que por acaso está aqui comentando o seu texto. Com muito carinho, para você e para o seu Príncipe que também lê isso de algum lugar a que, mais tarde, também chegaremos.

    Curtir

  4. Olá Victor, não conhecia sua página, conheci recentemente e gostei muito… Sou produtor cênico e gostaria de saber questões de direitos autorais como seria se fosse pra fazer um espetáculo teatral inspirado em um de seus textos? Obrigado, aguardo respostas…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: