O problema é que mergulhamos fundo em pessoas rasas

O problema é que mergulhamos fundo em amores rasos e esquecemos que não dá para nadar no seco. Fora que eu sempre me machuco, porque no raso só há pedras, depois olho para a ferida a sangrar, finjo estar tudo bem, mas depois sempre choro.

Tento por inúmeras vezes mergulhar na alma de alguém e por lá fazer morada, me iludo que será para sempre, e, quando estou impregnado até o último fio de cabelo por essa falsa sensação de que tudo vai ser duradouro prometo muito e cumpro pouco.

O peso do meu apelo é tão grande que meu coração nem suporta e tenho que lutar contra todos esses fantasmas. Direciono toda essa esperança para aquilo que acredito ser possível e essa atitude me parece tão egoísta.

Eu não gosto de agir assim, creio que ninguém goste. Eu odeio correr atrás, sempre tive a ideia de que todo amor deve ser reciproco, mas com você é diferente. Não sou responsável por sentir demais, apenas sinto, mas tenho que aprender a lapidar isso. Muitas vezes a minha falta de experiência atrapalha. Sempre fui uma criança ingênua e nunca soube lidar com a forma com que eu crescia, mas eu posso lhe garantir com toda certeza: é um sentimento verdadeiro e único.

Eu sinto que devo tudo isso a você, tudo que vier de bom, mas também tudo aquilo que há de ruim. E não tenho definições para sintetizar tudo que sinto, mas foi você quem colocou as mãos sobre o meu corpo depois disse que não estava pronto, e, eu sempre quis dar saltos
maiores que minhas pernas, tentar ser seu último amor, aquele eterno.

Eu não estou desistindo de você, só sinto que não preciso mais gastar munições atirando a esmo e eu não quero caçar o que eu não pretendo ter. Se você estiver pronto eu também estarei. Talvez eu não tenha que lutar contra todos esses fantasmas sozinhos, podemos nos libertar de todos eles juntos, eu sinto isso, para podermos criar laços mais sinceros.

Eu sempre fiz questão de querer demostrar o que se passa aqui no meu peito, pra tentar te prender mais dentro de mim do que no mundo lá fora, mas eu nunca disse que eu gosto do seu cheiro, do meu rosto no seu peito, da sua voz sussurrada e calma, mas eu gosto tanto, isso é muito contraditório, o fato é que não dá pra ter tudo que quero no tempo em que eu quero, sinto que um precisa completar o outro e vice-versa, isso tudo pode ser muito clichê, talvez eu seja clichê, mas não dá para fugir do que emana no meu peito, e no fim… tudo acaba com uma história, um final e um coração partido.

Anúncios

Um comentário em “O problema é que mergulhamos fundo em pessoas rasas

Adicione o seu

  1. Cada vez mais eu sou apaixonado por esses textos. Graças a esse blog, eu tive forças de cuspir as palavras que estavam presas em mim e recomecei esse blog, e vocês não fazem ideia de como seus textos me ajudaram nos meus momentos difíceis. Um grande abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: